Explicando melhor o projeto PANNIVITA ®.

Imagine ter um estilo de vida mais saudável e ainda comer o pão crocante que você ama tanto. O Chile é o segundo maior consumidor de pão no mundo, depois da Alemanha , com 86 kg por pessoa / ano.

Nosso país está entre os 10 países com maior índice de obesidade no mundo, registrando níveis preocupantes de hipertensão (75%) , colesterol (41,6% ) e obesidade (31% ), portanto, 48,1% tem risco cardíaco .

Granotec é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções biotecnológicas para melhorar a qualidade do alimento , desenvolveu PANNIVITA ® : Uma inovação essencial , um complexo de enzima , que adiciona o pó para o processo de fabricação de pão, reduzindo em 50% a gordura e o sódio, mantendo seu sabor, textura, crocância, volume e suavidade, que são característicos e tradicionais.

Mais de 500 pessoas selecionadas para pesquisa, não encontraram diferenças significativas entre o pão tradicional e pão PANNIVITA ® .

PANNIVITA ® , está agora no período de implementação completa em padarias tradicionais e industriais , permitindo que os padeiros participem de uma iniciativa saudável e deêm ao consumidor um pão com as mesmas características , como sempre. Saudável e delicioso.

Pão Pannivita é vida é o nome da solução desenvolvida pela Granotec que reduz de 50 % de sódio e 50 % de gorduras presentes na receita.

É uma solução altamente inovadora , que apoia a indústria nacional de panificação. Uma resposta tecnológica e comercialmente viável às novas tendências alimentares saudáveis.   programa faz parte do Ano da Inovação CORFO .

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde, atualmente 75% da população chilena adulta é hipertensa, 42% têm colesterol alto e 30% é obesa. Dados preocupantes, e, são menos animadores no caso de crianças e jovens. De fato, 40% dos estudantes excedem o peso ou são obesos, de acordo com dados compilados pela SIMCE PE 2010.

Diante dessa realidade , em que o Chile está entre os 10 países com mais excesso de peso em todo o mundo , diferentes instituições a nível público e privado começaram a desenvolver soluções para reduzir essas taxas, juntamente com a crescente demanda de consumidores chilenos para alimentos melhores e as tendências alimentares saudáveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s