A mania dos iogurtes.

shutterstock_178892915
Com tanta variedade de iogurtes nas geladeiras dos supermercados, será que você sabe mesmo quais são as melhores opções para sua saúde?A boa notícia é que a maioria dos iogurtes disponíveis no mercado é uma boa opção para o café da manhã e lanches ao longo do dia. Além de deliciosos, eles também são fontes naturais de cálcio e proteína. Mas, fique atento à tabela nutricional, alguns produtos apresentam mais nutrientes que outros. Para que fique mais claro para vocês, destacamos alguns pontos importantes de diferentes tipos de iogurte. Vem conferir!

  • Iogurte X Bebida Láctea

As bebidas lácteas apresentam aparência muito parecida aos iogurtes de garrafinha, mas, nutritivamente, eles não são iguais. A bebida láctea é uma mistura do leite com o soro do leite (um subproduto da produção do queijo), e também podem conter adição de gordura vegetal, leite fermentado, e outros produtos alimentícios como polpa de frutas e mel. Já o iogurte não apresenta adição de soro, sendo geralmente mais consistente que a bebida láctea. Na bebida láctea, pelo menos 51% dos ingredientes devem ser de origem láctea, enquanto que no iogurte, este valor sobe para 70%, sendo que os ingredientes não lácteos, como polpa de frutas, mel, etc, não podem ultrapassar os 30% do produto. Por este motivo, o iogurte costuma ser mais nutritivo, apresentando maiores valores de cálcio.

  • Integral, desnatado e semidesnatado

Essas três versões de iogurte também são muito comuns no mercado, mas, você sabe qual a diferença entre elas? De maneira geral, o que difere um tipo do outro é a quantidade de gorduras totais presentes no produto. De acordo com a legislação brasileira, para que um iogurte seja considerado desnatado, é preciso apresentar no máximo 0,5g de gorduras totais a cada 100g de produto. Já o semidesnatado (também conhecido como parcialmente desnatado), não deve ultrapassar 2,9g de gorduras totais a cada 100g de iogurte. Para os integrais, não há restrições!. Quanto aos outros nutrientes presentes nesses alimentos, as quantidades são muito semelhantes, por isso, fique de olho na tabela nutricional e escolha a opção com menor quantidade de gordura total.

  • Iogurte Grego

Eles surgiram há pouco tempo e já ganharam várias versões, sabores e adeptos. Por isso, a gente te conta o que você precisa saber sobre esse novo tipo de iogurte. Em geral, a grande quantidade de proteína é um fator importante e que conta pontos a favor do produto. Porém, a versão brasileira do iogurte grego é um pouquinho diferente da versão original. Nos países de origem desse alimento, os iogurtes passam por diversos processos de filtração que resultam em um produto com maior quantidade de proteína e pouca gordura. Aqui no Brasil o processo é um pouco diferente. Como o objetivo principal por aqui é a textura consistente e cremosa, alguns produtos sofrem adição de ingredientes como creme de leite e leite integral, o que aumenta a quantidade de gordura no alimento.

Mas se você é um grande fã dessa versão, se acalme, nem tudo está perdido. As versões light e zero oferecidas recentemente pelo mercado são excelentes opções para quem quer proteína e pouca gordura.

  • Frozen Iogurte

Esse sorvete feito à base de iogurte, quando comparado ao iogurte desnatado, apresenta maior valor calórico, porém, a quantidade de proteínas e gorduras totais são semelhantes. Mas se resolvermos comparar o produto a um sorvete normal, a quantidade de proteínas é maior. Quer outra boa notícia? Nesse caso, as quantidades de gorduras totais e de calorias são menores no frozen. Isso faz com que o frozen seja uma boa alternativa ao sorvete, já que também é muito gostoso, refrescante e possui um perfil nutricional mais equilibrado.

Apenas tome cuidado com os acompanhamentos que escolher. Evite opções muito calóricas e procure priorizar as frutas. Não custa nada também conhecer melhor o frozen que você está habituado a tomar. Procure saber quais as quantidades de açúcar e de gorduras presente no produto, já que as quantidades podem variar de acordo com as marcas do mercado.

Agora que você já sabe a diferença entre os tipos de iogurtes do mercado, fica mais fácil escolher dentre todas estas opções deliciosas! Os iogurtes vão super bem com frutas, grãos integrais, castanhas e até mesmo para molho de saladas. Use a criatividade e aproveite os benefícios destes alimentos!

3 respostas em “A mania dos iogurtes.

  1. Pingback: Coca-Cola quer disputar setor lácteo | + Bio

  2. Pingback: Nada de vilão: queijo faz muito bem à saúde | + Bio

  3. Pingback: Mercado de lácteos em 2017 | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.