Gergelim: O Grande Aliado da Saúde e Boa Forma

shutterstock_86999342

Quer cuidar da saúde, manter o intestino funcionando com regularidade e, de quebra, melhorar a silhueta? Introduza um pequeno grão de gergelim em seu cardápio.

O gergelim é um poderoso aliado do corpo quando o assunto é alimentação, saúde e boa forma. Os macrobióticos já conhecem há tempos as qualidades nutricionais da semente. Mas a novidade é que o gergelim pode ser adotado em qualquer dieta por ser considerado uma semente de grande valor terapêutico.

Segundo Beatriz Assumpção, autora do livro “Gergelim: a semente da saúde”, além de ser utilizado na culinária, a semente é excelente para combater esgotamento nervoso ou mental, estresse, perda de memória, melancolia, depressão, irritabilidade, desequilíbrio nervoso e insônia.

É ainda, de acordo com ela, um importante complemento nutricional para quem está submetido a uma grande atividade mental ou intelectual, mas deseja manter um bom rendimento. “É importante para repor energias na prática esportiva, gravidez, lactação, convalescença após intervenções cirúrgicas ou doenças”, escreveu.

O grão também ajuda a corrigir a falta de rendimento ou capacidade sexual tanto no homem quanto na mulher.

Segundo nutricionistas, o gergelim tem uma alta concentração de fibras, o que ajuda no funcionamento do intestino. O consumo da poderosa semente também aumenta a saciedade, o que é importante para quem está de dieta com alto nível de restrição alimentar.

Para a medicina chinesa, o gergelim também é destaque. Ele nutre e fortalece a energia do shen (rins) e, com isso, aumenta, conserva e repõe a essência sexual. Segundo a tradição milenar, o consumo da semente ainda evita o branqueamento precoce dos fios, já que normaliza a função da melanina. O gergelim também tem efeito, segundo os chineses, no xin (coração) por intermédio dos rins. Por isso, é utilizado, por exemplo, em tratamento de doenças cardiovasculares.

De quebra, o grão tem uma grande quantidade de cálcio e ajuda no controle da massa corporal gorda, agindo não apenas na quebra de gordura como também no armazenamento do tecido adiposo.

Fonte: blogs.estadao.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s