Óleo de abacate pode combater o envelhecimento.

shutterstock_241747639

É o que afirma a primeira pesquisa sobre o efeito protetor da substância contra os radicais livres, feita em leveduras. O estudo foi apresentado durante o Encontro Anual da Sociedade Americana para Bioquímica e Biologia Molecular.
De acordo com os pesquisadores, a opção por estudar os efeitos em leveduras (fungos geralmente unicelulares, como o bolor do pão) se deve ao fato de que o micro-organismo é mais fácil de ser estudado devido a sua simplicidade. Em 2009 e 2011, o grupo de Christian Cortés-Rojo, da Universidade Michoacana de San Nicolás, no México, já havia descoberto que as mitocôndrias das leveduras são muito resistentes aos radicais livres. Isso porque há um tipo de gordura que a recobre, responsável em proteger a célula contra a oxidação.

Esse mesmo tipo de gordura pode ser encontrado também no óleo de abacate. Além disso, o abacate contém alguns pigmentos que são eficientes em inibir a oxidação, processo que leva ao envelhecimento das células. Por esses motivos, os envolvidos na pesquisa resolveram testar essas propriedades do abacate. Eles queriam saber se elas conseguiriam aumentar ainda mais a resistência da levedura à oxidação.
Descobriu-se, então, que o óleo de abacate permitiu que as células de levedura sobrevivessem à exposição de altas concentrações de ferro, que produz uma grande quantidade de radicais livres. Até mesmo em níveis mais altos do que aqueles encontrados em algumas doenças humanas. Os resultados podem ser atribuídos ao fato de que o óleo de abacate causou uma respiração acelerada na mitocôndria. Isso indica que o uso de nutrientes para produzir energia para funções celulares continua eficaz mesmo em células atacadas pelos radicais livres”.

Segundo os cientistas, estudos anteriores já haviam firmado uma boa reputação do abacate em relação à manutenção da saúde. Como a pesquisa de Mario Alvizouri-Muñoz, que demonstrou que o abacate reduz a concentração de colesterol e de certas gorduras que são aumentadas em pacientes diabéticos. Agora, precisamos confirmar se o que foi visto em leveduras pode ser reproduzido em organismos maiores, como o homem.

Fonte: http://veja.abril.com.br/saude

Uma resposta em “Óleo de abacate pode combater o envelhecimento.

  1. Pingback: Estudos revelam alimentos associados ao retardamento do envelhecimento | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.