A produção de cacau no Brasil enfrenta desafios a curto e longo prazo

A-produção-de-cacau-no-Brasil-enfrenta-desafios-a-curto-e-longo-prazo-alt

Apesar do Brasil ser um país produtor de cacau, não tem sido imune às pressões de um mercado global em transformação. Entre 2009 e 2010, o Brasil era o sexto produtor mundial de cacau, mas com a Costa do Marfim dominando a indústria com 34% de participação, esta posição não se torna mais tão impressionante. Na realidade o país é apenas um pequeno competidor na indústria do cacau, produzindo apenas 4% do volume global de cacau.

Segundo pesquisas da Mintel, a indústria de cacau no Brasil declinou nos anos 70, quando uma praga e uma pobre gestão agrícola dificultaram o crescimento da safra. Como consequência, os produtores de cacau diversificaram e optaram por plantações mais lucrativas. Em 2012, o país produzia consideravelmente menos cacau e de qualidade inferior ao produzido há três décadas. Até hoje, a maior parte da safra de cacau é vendida para os Estados Unidos e como resultado os produtores brasileiros têm que importar cacau para as suas produções.

Contudo, o mercado brasileiro é em geral muito dinâmico, com a presença de grandes produtores (Kraft, Cadbury e Nestlé) e processadores (Cargill e Barry Callabault). As importações de cacau atualmente superam as exportações. Em 2009, 47.000 toneladas de cacau foram importadas, sendo a Indonésia o principal fornecedor (recentemente ultrapassando a Costa do Marfim) e Gana fornecendo uma pequena proporção. A motivação da Indonésia em dominar o mercado brasileiro de cacau está de acordo com sua estratégia de aumentar as exportações. Os problemas políticos da Costa do Marfim, que resultaram em um embargo das exportações por 5 meses, deu espaço para que a Indonésia alterasse o equilíbrio do mercado. Com o novo governo da Costa do Marfim reabrindo a comercialização de cacau, possivelmente acontecerá outro ajuste que pode levar a Costa do Marfim a voltar a ter uma posição de liderança na comercialização com o Brasil.

Enquanto a produção de cacau está começando a acelerar no Brasil, devido a um crescimento na demanda por produtos de chocolate no país, a Organização Internacional do Cacau (ICCO) mostrou que a safra de cacau do Brasil atingiu somente 198.000 toneladas em 2010/2011, um nível que ainda é insuficiente para atender a demanda doméstica. A dependência dos grandes fornecedores de cacau continuará em um futuro próximo, mesmo com o aumento da produção de chocolates no país.

Fonte: Mintel

Uma resposta em “A produção de cacau no Brasil enfrenta desafios a curto e longo prazo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s