O uso de Calci-k na fortificação de produtos lácteos

shutterstock_119611549

Os minerais desempenham um papel importante na prevenção de muitas doenças crônicas através da preservação da integridade de células, tecidos e orgãos. O mineral mais prevalente no organismo humano é o cálcio, que é crucial para o desenvolvimento e manutenção óssea e muscular, coagulação sanguínea, transmissão nervosa e função celular.

Entre crianças e adolescentes a necessidade de cálcio é maior em função do período de crescimento ósseo e aumento do depósito mineral, bem como em adultos e idosos, para a prevenção da osteoporose, da osteopenia e da perda dentária, sendo que a recomendação para a ingestão deste mineral varia de 1000 a 1300mg/dia.

Dados de consumo alimentar obtidos pela pesquisa BRAZOS (Brazilian Osteoporosis Study) de 2007 revelam que 90% dos entrevistados ingerem apenas 400mg/dia de cálcio.

Diante dos benefícios do cálcio à saúde humana e considerando que a população brasileira tem um consumo inadequado deste nutriente, a fortificação de alimentos com esse mineral se torna uma estratégia atrativa.

granonews_105 FINAL-01

 

 

 

 

 

 

Dentre os alimentos, o leite é considerado um excelente veículo para ser fortificado, por ser amplamente utilizado, atingir uma vasta gama de indivíduos e ser bem adaptado à alimentação da população em geral. Entretanto, nem todos os compostos de cálcio disponíveis no mercado são indicados para a fortificação do leite como, por exemplo, o fosfato tricálcico, que causa incrustações nas tubulações dos equipamentos, baixa fixação de cálcio no leite, além da formação de grumos, alterando, dessa forma, as características sensoriais do produto.

Visando oferecer uma fonte de cálcio viável para as indústrias de alimentos, de forma a não comprometer o processo industrial, tampouco as características sensoriais do leite, a Albion desenvolveu o Calci-K®.

O Calci-K®, uma forma biodisponível de cálcio, é um composto orgânico obtido pela reação de hidróxido de cálcio, ácido cítrico, ácido fosfórico e hidróxido de potássio. É um produto indicado para a fortificação de leite por ser solúvel e ser mantido completamente disperso em pH entre 3,5 e 8,0.

Estudos realizados no Brasil mostraram que a fortificação do leite com Calci-K® não alterou as características sensoriais do leite integral e desnatado quando submetido ao tratamento térmico UHT. Além disso, o uso do Calci-K® não impactou no pH do leite, garantindo uma estabilidade do produto durante todo o processo produtivo.

Fonte: Granotec

Uma resposta em “O uso de Calci-k na fortificação de produtos lácteos

  1. Pingback: Tomar chá fortalece os ossos | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s