Goiás vai implantar o Conseleite, buscando mais harmonia e preços justos

Goias-vai-implantar-o-Conseleite-buscando-mais-harmonia-e-preços-justos

O Presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínios no Estado de Goiás – Sindileite, do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras em Goiás – OCB e da Complem de Morrinhos, Joaquim Guilherme Barbosa de Souza, iniciou intensa articulação no sentido de que seja implantado também em Goiás o Conseleite. Para tanto, está trabalhando junto à várias entidades de classe ligadas ao agronegócio em Goiás.

O Conseleite é uma antiga aspiração de produtores e industriais do estado mas só agora deverá ganhar mais fôlego em se tratando de sua implantação. A entidade cuidará principalmente dos interesses dos produtores de leite e das indústrias de laticínios, buscando consenso no que se refere a qualidade dos produtos tanto in natura quanto industrializados e, consequentemente os custos de produção. Esses dados são repassados para uma Universidade Federal, que elabora uma planilha e, a partir dela, todos passam a conhecer as políticas de preços desses seguimentos de forma transparente.

O Conseleite é uma Associação Civil, regida por estatuto e regulamentos próprios, que reúne representantes de produtores rurais de leite e de indústrias de laticínios. O Conselho é paritário, ou seja, o número de representantes rurais é igual ao número de representantes das indústrias, buscando soluções conjuntas para problemas comuns do setor lácteo.

A necessidade de se estabelecer formas alternativas para a remuneração da matéria prima, nasceu no Sul após a desregulamentação do setor no País iniciada na década de 90. Tais alternativas devem também favorecer o desenvolvimento sustentável, tanto da produção de leite quanto da produção de seus derivados, bem como contribuir para a melhoria da qualidade do leite e derivados.

A partir do Conseleite, se cria o chamado preço referência. Ele nada mais é do que um valor médio da matéria-prima (leite), calculado a partir dos preços de venda das indústrias participantes do Conselho, dos seguintes derivados lácteos: leite pasteurizado, leite UHT, leite cru resfriado, leite em pó, bebida láctea, iogurte, creme de leite, doce de leite, requeijão, manteiga, queijo prato, queijo mussarela, queijo parmesão e queijo provolone. O preço de referência, busca representar um valor justo para a remuneração da matéria prima tanto para produtores rurais quanto para as indústrias.

Segundo as experiências já obtidas até agora pelos Conselhos já existentes, (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), a importância do chamado preço de referência é justamente dar maior transparência ao mercado lácteo através da permanente divulgação de preços médios de comercialização do leite e seus derivados, calculados a partir de metodologia aprovada pelo Conselho Paritário, sob a coordenação da Universidade Federal, unidade esta que entra no processo como uma instituição imparcial, técnica e de grande credibilidade perante todos os interessados.

O articulador do Conseleite em Goiás, Joaquim Guilherme Barbosa de Souza já está trabalhando junto à várias lideranças classistas. Ele espera o maior número de adesão possível e, apesar da ideia ter sido relançada em Goiás nas últimas horas, as perspectivas são as mais alentadoras possíveis, disse o empresário que é também Conselheiro junto ao Fundo para o Desenvolvimento da Pecuária em Goiás – Fundepec.

Leia uma pesquisa inédita sobre o mercado lácteo aqui.

Fonte: GuiaLat

Uma resposta em “Goiás vai implantar o Conseleite, buscando mais harmonia e preços justos

  1. Pingback: E-commerce de lácteos abre oportunidade de negócios para produtores rurais | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s