Benefícios das pimentas para a saúde

Benefícios das pimentas para a saúde

As pimentas são compostas por importantes nutrientes que beneficiam nosso organismo. No geral, elas são ricas em vitamina A e excelentes fontes de vitaminas B e C.

Possuem também quantidade significante de magnésio, ferro, aminoácidos e fitoquímicos, que inibem a resposta inflamatória. Além disso, as pimentas vermelhas são repletas de licopeno, pigmento que, segundo pesquisas, ajuda a prevenir o câncer de próstata.

Quem utiliza a pimenta no dia a dia está consumindo, além de tempero, uma série de medicamentos naturais: analgésico, anti-inflamatório e vitaminas. São benefícios que os povos primitivos descobriram há milhares de anos e que agora estão sendo comprovados pela ciência. Sendo assim, a pimenta pode fazer parte da dieta sem restrições e convém incluí-la nas refeições diariamente, tomando sempre o cuidado de não errar na dose para não apimentar demais a receita.

O fato de ser afrodisíaco é considerado uma característica comum da pimenta. Isso se dá por seu sabor extremamente quente e picante e também por suas cores e cheiros fortes. Além disso, o alimento é responsável por estimular hormônios que promovem a dilatação dos vasos sanguíneos, o que irriga as áreas erógenas e, assim, aumenta a sensação de prazer.

Todos podem se beneficiar de suas propriedades, mas convém lembrar que a pimenta é vasodilatadora, ajudando a desfazer os coágulos sanguíneos. Então, quem tem problemas com hemorróidas não pode abusar da pimenta. Geralmente, essas pessoas têm sangramento, o que pode levar a um agravamento da situação. Quem tem gastrite também não deve exagerar. O critério é a quantidade. Moderação é o segredo da pimenta.

Fonte: Viva Saúde

9 respostas em “Benefícios das pimentas para a saúde

  1. Pingback: Sardinha é peixe preferido do consumidor de classes mais altas | + Bio

  2. Pingback: Como se encontra e quais as projeções para o mercado de pães e produtos assados | + Bio

  3. Pingback: Uma parte pouco usada da romã pode prevenir Alzheimer | + Bio

  4. Pingback: Tendências para 2017! | + Bio

  5. Pingback: Afinal, o que quer o consumidor? | + Bio

  6. Pingback: Alimentos feitos em altas temperaturas: cuidado! | + Bio

  7. Pingback: Raw Food: tendência de alimentação que cresce no Brasil | + Bio

  8. Pingback: Sorvetes podem se espelhar em geleias para ampliar ocasiões de consumo | + Bio

  9. Pingback: Alimentos voltados para exercícios físicos podem ganhar mais espaço no mercado | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s