Será que o leite de origem vegetal pode substituir o leite de vaca?

Será que o leite de origem vegetal pode substituir o leite de vaca?

A nova onda de alimentação saudável praticamente decretou que oca leite de vaca fosse substituído por versões extraídas de castanhas, grãos e sementes. O motivo? O leite vegetal não tem lactose e açúcar de leite animal — substância pela qual criou-se uma onda de ódio.

As vendas de leites vegetais nos Estados Unidos, saltaram de US$ 900 milhões para US$ 1,4 bilhões entre 2012 e 2016. Enquanto mercado do leite de vaca caiu 20% desde 2011.

Por lá, um grupo de 32 parlamentares está exigindo que a Food and Drugs Administration (FDA) retire dos rótulos de bebidas vegetais a palavra “leite”. Eles alegam que a definição desse termo é “secreção láctea retirada de uma ou mais vacas saudáveis”. O que sai de castanhas trituradas num processador, portanto, não poderia levar a nomenclatura.

Um dos argumentos é de que o rótulo enganaria os consumidores, levando-os a crer que os produtos serviriam como substitutos equivalentes em nutrientes ao leite da vaca, o que, segundo especialistas, não é verdade. O leite, em geral, ainda é mais rico em proteínas que a maioria de seus primos vegetais e é também o alimento com maior concentração e biodisponibilidade de cálcio.

A melhor maneira de prevenir a osteopenia e osteoporose é ingerir cálcio e, nesse aspecto, o alimento com maior concentração e melhor biodisponibilidade é o leite e outros laticínios como o iogurte e o queijo. Os outros alimentos com boa quantidade de cálcio não tem boa biodisponibilidade e, consequentemente, sem os laticínios não é comum ingerir de mil a 12mil mg de cálcio por dia, que seria o ideal para adultos. Além disso, é um alimento com alto valor de proteínas de boa qualidade, de alto valor biológico, ou seja, com grande quantidade de aminoácidos.

No entanto, ele lembra que a ciência reforça que a lactose, de fato, deve passar longe das dietas de alérgicos à substância. Além disso, alguns estudos sugerem que leite em grande volume — mais de um copo e meio para as mulheres e três para os homens — podem favorecer o aparecimento de câncer e doenças cardiovasculares.

Além disso, como as bebidas não têm nem perto da quantidade de cálcio que o leite da vaca oferece – a não ser as versões enriquecidas com o nutriente -, ela costuma passar suplementos de cálcio aumentar a ingestão de cálcio em outros alimentos, como as folhas verdes escuras.

Fonte: GuiaLat

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s