Consumidores que trabalham fora estão comendo mais snacks

Consumidores que trabalham fora estão comendo mais snacks

Uma pesquisa realizada pela Mintel, mostra que 48% dos consumidores de snacks que trabalham fora ou estudam concordaram que costumam consumir lanchinhos ou snacks quando estão trabalhando ou estudando.

Destes consumidores, 28% dos que trabalham período integral e 26% dos que trabalham meio período declararam estar consumindo mais lanchinhos ou snacks hoje, em comparação a 12 meses atrás (em comparação a 17% dos consumidores que não trabalham). Ou seja, os consumidores que trabalham fora tendem a comer mais snacks e seu consumo vem aumentando ao longo dos 12 meses anteriores à pesquisa.

Dos consumidores de snacks de 16 a 34 anos, 36% concordaram que comer lanchinhos ou snacks é uma boa maneira de controlar a fome para não comer muito durante as refeições principais, em comparação a 29% dos consumidores de snacks acima de 35 anos.

Já 48% dos consumidores da mesma faixa etária mostraram interesse em alimentos fortificados com benefícios nutricionais, em comparação a 39% dos de 35 anos ou mais. Se os snacks são uma boa forma de não comer demais na hora das refeições, é importante que eles também tenham valor nutricional e ajudem a manter a saciedade para que o consumidor não sinta muita fome nas ocasiões do café da manhã, almoço e jantar.

Os homens consumidores de snacks são os mais interessados em snacks de carne (25% em comparação a 14% das mulheres). Segundo o relatório, 41% dos homens dizem ter interesse em produtos que dão mais energia (em comparação a 35% das mulheres), e 40% deles têm interesse em produtos que ajudam a melhorar meu desempenho mental (ex. no colégio/trabalho), (em comparação a 27% das mulheres) – indicando oportunidade de se explorar snacks de carne com estes benefícios.

Fonte: Mintel

15 respostas em “Consumidores que trabalham fora estão comendo mais snacks

  1. Pingback: Você já conhece os restaurantes secretos? | + Bio

  2. Pingback: Consumidor brasileiro ainda procura por promoções | + Bio

  3. Pingback: Suplementos alimentícios, uma tendência a focar | + Bio

  4. Pingback: Tendência de alimentação saudável: mais um lançamento de biscoitos integrais | + Bio

  5. Pingback: Mais um aplicativo que vai mudar o jeito de fazer compras em supermercados | + Bio

  6. Pingback: Qualidade é o critério que mais cresce na escolha do consumidor | + Bio

  7. Pingback: Como a indústria está se comportando com a tendência “saúde”? | + Bio

  8. Pingback: Tendência de panificação: pães artesanais que acertam em cheio na questão “saúde” | + Bio

  9. Pingback: Preço é o principal fator para consumidor não comprar produtos orgânicos | + Bio

  10. Pingback: Embalagens comestíveis são o futuro próximo do mercado alimentício | + Bio

  11. Pingback: Produtos lácteos sem lactose e com redução de açúcar ganham mais um aliado | + Bio

  12. Pingback: Depois da economia, foco do consumidor é na conveniência | + Bio

  13. Pingback: Conheça os diferentes consumidores de biscoitos | + Bio

  14. Pingback: Refeições prontas: um mercado em expansão | + Bio

  15. Pingback: Como os italianos conseguem se manter um dos povos mais magros do mundo? | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s