A alta no consumo gera investimentos no setor

Imagem

A alta no consumo gera investimentos no setor

O consumo das famílias será a grande alavanca da economia em 2018 e irá responder por quase a totalidade do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), de cerca de 3%, esperado para o ano. Com base nesse cenário, crescem as apostas em ações ligadas ao setor, em especial varejistas, que ainda têm grande potencial de valorização.

Continuar lendo

Depois de estudos comprovando sua saudabilidade, vendas de manteiga aumentam

Imagem

Depois de estudos comprovando sua saudabilidade, vendas de manteiga aumentam

Os consumidores não apenas estão comendo mais manteiga, como também estão dispostos a pagar mais caro por ela, o que está gerando grandes ganhos para as fabricantes de marcas de alto padrão.

Continuar lendo

China é a maior produtora de frutos do mar, segundo pesquisa

Imagem

China é a maior produtora de frutos do mar, segundo pesquisa

Um relatório do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA) revela que em 2017 a China continuou sendo o líder na produção total de frutos, estimada em 69,96 milhões de toneladas, o que é 1,4% a mais que o ano anterior.

Continuar lendo

Tendência que veio e ficou: Iogurte Grego

Imagem

Tendência que veio e ficou: Iogurte Grego
Em 2016, a febre do iogurte grego tomou conta das prateleiras de todos os supermercados. Este produto com milhares de benefícios para saúde ganhou o coração dos brasileiros.

Continuar lendo

Como empresas estão reagindo a tendência de alimentação saudável?

Imagem

Como empresas estão reagindo a tendência de alimentação saudável?

Fabricantes de bebidas açucaradas e alimentos industrializados estão sofrendo para elevar as vendas, diante de consumidores mais conscientes sobre saúde e preços, o que os força a reduzir custos para elevar lucros e buscar aquisições para melhorar os resultados.

Continuar lendo

Famosa marca aposta em embalagens menores para aumentar vendas

Imagem

Famosa marca aposta em embalagens menores para aumentar vendas

A Coca-Cola está apostando que embalagens menores, com preços proporcionalmente mais elevados que impulsionarão as vendas do negócio de refrigerantes da companhia neste ano.

Continuar lendo