Depois de estudos comprovando sua saudabilidade, vendas de manteiga aumentam

Depois de estudos comprovando sua saudabilidade, vendas de manteiga aumentam

Os consumidores não apenas estão comendo mais manteiga, como também estão dispostos a pagar mais caro por ela, o que está gerando grandes ganhos para as fabricantes de marcas de alto padrão.

As vendas globais de manteiga no varejo crescerão 2,9% em 2018, para US$ 19,4 bilhões, superando o crescimento de 1,9% do volume de vendas.

A tendência está estimulando a expansão de marcas internacionais que se beneficiam com a opção dos consumidores por gorduras mais naturais. A demanda por manteiga, creme de leite e outras commodities ricas em gorduras derivadas do leite aumentou depois que a percepção dos consumidores foi influenciada por estudos que mostravam os riscos menores à saúde do consumo de gorduras lácteas e os efeitos prejudiciais das gorduras trans alternativas.

A situação está respaldando os preços, que atingiram um recorde em setembro de 2017, devido à escassez na Europa. Consumidores estão exigindo cada vez mais produtos lácteos ricos em gordura, permitindo que ela e, portanto, também a manteiga, voltem a fazer parte de suas dietas.

A demanda mais forte por marcas premium de alta qualidade está estimulando as vendas da manteiga, pela qual os consumidores estão dispostos a pagar um preço mais alto.

Fonte: GuiaLat

Uma resposta em “Depois de estudos comprovando sua saudabilidade, vendas de manteiga aumentam

  1. Pingback: Conheça alguns produtos que voltaram à cesta de compras | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.