Novidade da tendência de alimentação saudável: macarrão integral instantâneo

Novidade da tendência de alimentação saudável: macarrão integral instantâneo

Estamos buscando sempre a praticidade, principalmente em nossos alimentos, mas não podemos deixar de lado os aspectos nutricionais e que devemos sempre buscar um maior equilíbrio, levando em conta, conforme o tipo de alimento, a quantidade e a frequência de consumo. 

Uma opção a ser considerada são os macarrões instantâneos ou noodles, popularmente conhecidos no Brasil como “miojo”, em virtude da forte associação desse produto com uma conhecida marca comercial.

As principais matérias-primas na produção de um macarrão instantâneo são farinha de trigo comum, água, sal, e, opcionalmente, outros sais e goma guar. Esta última, originária de um grão nativo da Índia, funciona como um espessante e aparece em várias formulações de noodles encontrados no mercado brasileiro.

O processo de desidratação para a obtenção de macarrões instantâneos comuns é realizado por fritura em óleo quente, o que pode resultar em altos percentuais de gordura no produto final. Ela representa de 18 a 25% de sua composição.

Ainda bem que a utilização de novas tecnologias, como a fritura a vácuo, aumenta a eficiência da desidratação e reduz o teor de gordura desse macarrão. A adição de sal, fibras ou proteínas também altera a absorção de gordura pela massa. Aliás, isso ocorre tanto na fritura convencional e quanto no processo à vácuo. Mas e a versão integral?

Já quando você se depara com a opção de comprar um macarrão instantâneo integral só precisa ter a clareza de que, no Brasil, o produto integral ainda não está definido pela regulamentação. Podemos usar como parâmetro a referência de outros países. Sendo assim, o ideal seria você encontrar pelo menos 8 gramas de grãos integrais em uma embalagem de 80 gramas, por exemplo.

Observe também na embalagem se 50% dos grãos ou da farinha são integrais. Uma última dica valiosa é reparar na ordem dos ingredientes listados no rótulo. A farinha integral precisa estar entre os três primeiros da lista.

A farinha integral é um ingrediente que contém todas as partes do grão moído que a originou — o pericarpo ou farelo, o endosperma e o gérmen, ainda que a legislação brasileira classifique a presença do gérmen como opcional. E é no farelo que se concentram as vitaminas, os minerais, os compostos antioxidantes e as fibras tão desejadas em uma dieta saudável.

De todo modo, a produção de noodles a partir de farinhas integrais ainda é pouco difundida no Brasil. Vale fazer justiça e lembrar que  a maioria dos macarrões instantâneos integrais do mercado brasileiro tem um teor de gordura muito menor do que aqueles produzidos com a farinha branca. Portanto, oferecem menos calorias. Sem contar que possuem mais proteínas e fibras – no caso, cerca de 8 gramas no pacote. E a quantidade de sódio é bem menor, quase a metade!

Em termos de conveniência, é necessário cerca do dobro de tempo para ficar pronto, já que a massa integral é mais dura. Não que isso seja um grande problema. O macarrão instantâneo tradicional só precisa de 3 minutos no fogão e o integral, uns 5 minutos ou um pouco mais, o que, sem dúvida, não compromete em nada a sua praticidade.

Fonte: ABIMAPI

2 respostas em “Novidade da tendência de alimentação saudável: macarrão integral instantâneo

  1. Pingback: Alta do dólar pode alterar o valor do pão | + Bio

  2. Pingback: Obesidade X Diabetes tipo 2: entenda a relação entre eles | + Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s