Quem é o maior exportador de lácteos do mundo?

Quem é o maior exportador de lácteos do mundo?

A China continua liderando as importações da maioria dos produtos lácteos fabricados no mundo.

Os volumes importados de leite em pó integral aumentaram 10% no primeiro trimestre do ano, para 215.525 toneladas, de acordo com as informações elaboradas pelo Instituto Nacional do Leite (Inale), com base em dados do Observatório de Leite da Comissão Europeia.

Argélia e Brasil seguiram em importância, mas ambos reduziram o volume de suas importações, -11% e -63% respectivamente (para 77.508 e 9.566 toneladas, respectivamente). A China também lidera as importações de leite em pó desnatado com um aumento de 11% (primeiro trimestre 82.480 toneladas).

Segue-se o México e a Argélia, com um aumento das importações, + 9% e 32%, respectivamente (para 51.457 e 55.125 toneladas, respectivamente). O Japão lidera as importações de queijo com um aumento de 5% no primeiro trimestre (para 67.942 toneladas). Segue-se os EUA e a Rússia, com quedas de -9% e -10% (primeiro trimestre 38.292 e 30.471 toneladas, respectivamente).

A China substituiu a Rússia no ranking das importações de manteiga neste primeiro trimestre do ano com um aumento de 30% (31.180 toneladas), enquanto a Rússia (com dados até fevereiro) aparece em segundo lugar, com uma queda de -50% trimestre (8.681 toneladas).

Fonte: GuiaLat

Uma resposta em “Quem é o maior exportador de lácteos do mundo?

  1. Pingback: Clube de assinaturas de alimentos é tendência do mercado | Blog +Bio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.