Carne à base de vegetais é uma tendência do setor

Carne à base de vegetais é uma tendência do setor

Uma startup de Oakland, na Califórnia, produz 226 toneladas de carne por mês para atender a demanda de 3 mil restaurantes. Sem matar nem ferir nenhuma vaca.

Impossível? Vem daí o nome da empresa: Impossible Foods. Fundada em 2011, desenvolve carnes e laticínios feitos à base de vegetais, sem qualquer produto de origem animal. Já arrecadou US$ 450 milhões.

A semelhança do “hambúrguer impossível” com a carne de origem animal é apenas uma das razões para seu sucesso. Além de ter a cor, o formato e até o cheiro do hambúrguer tradicional, o produto usa cerca de 75% menos água, gera 87% menos emissões de gases do efeito estufa e requer 95% menos terra, de acordo com o relatório de sustentabilidade divulgado pela Impossible Foods no ano passado.

O hambúrguer é produzido com todos os ingredientes derivados de plantas, incluindo a proteína chamada heme, cultivada em um laboratório para imitar uma proteína encontrada no sangue. Também não contém hormônios ou antibióticos.

Mas os “hambúrgueres impossíveis” não são os únicos dispostos a inovar no setor de alimentos. Empresas como a Just, que acabada de lançar um substituto ao ovo mexido feito de feijão mungo, a Ripple, que fabrica produtos lácteos a base de ervilhas, e a Beyond Meat, que fabrica produtos alternativos à carne, frango e salsicha, tudo visa criar alternativas de mercado viáveis para as pessoas que atualmente comem carne e laticínios.

Fonte: Época Negócios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.