Americanos estão empatando em preferência entre bebidas lácteas ou veganas

Americanos estão empatando em preferência entre bebidas lácteas ou veganas

A flexibilidade no consumo de produtos está aumentando nos EUA visto que 50% dos consumidores relataram que consomem tanto lácteos quanto alternativas ao leite.

A indústria mundial de lácteos vem se adaptando à popularidade de alternativas baseadas em vegetais há vários anos. Os consumidores dos EUA responderam à expansão do mercado vegano com uma abordagem flexível.

A produção de lácteos nos Estados Unidos deverá ser avaliada em US$ 28 bilhões até 2021, com o mercado de produtos alternativos devendo chegar a 40% desse montante. Mas, de acordo com a Cargill, isso não implica necessariamente no aumento da quantidade de veganos do país.

O consumo de lácteos, em geral, continua forte nos Estados Unidos, com dois terços dos entrevistados dizendo que os produtos lácteos fazem parte regular de suas dietas, enquanto o fato de não consumir lácteos é comparativamente baixo, de apenas um em cada dez compradores.

Um estudo revelou que o uso de lácteos ainda é comum em 90% das casas americanas e 67% consideram os lácteos como parte regular de suas dietas. Aqueles que evitam produtos lácteos o fazem principalmente por causa da intolerância à lactose (35%) e alergias a laticínios (28%).

Os consumidores de lácteos consideram a lista de ingredientes bastante importante em seu processo de tomada de decisão, com dois terços dos compradores dizendo que esperam que os produtos lácteos tenham poucos ingredientes. Mais da metade relatou o uso da lista de ingredientes para determinar se um produto lácteo é saudável ou altamente processado. Os consumidores também procuram produtos lácteos por seus benefícios já comprovados na saúde óssea (60%) e digestiva (38%).

Foi avaliado o comportamento de compra em quatro categorias principais – sorvete, iogurte, leite com sabor e alternativas a laticínios -, sendo o sorvete o mais popular. Mas os produtos lácteos mais relacionados ao prazer do consumo ganham um pouco mais de tolerância dos consumidores em termos de expectativas, enquanto as alternativas lácteas são frequentemente mantidas em um padrão mais elevado.

O gosto é o atributo mais importante entre todas as categorias quando os compradores consideram a recompra de um produto, visto isso especialmente no setor de sorvetes. Os consumidores de sorvetes querem ingredientes conhecidos, que sejam saudáveis, saborosos e com menos açúcar.

Proteínas à base de plantas e fibras prebióticas são agora ingredientes comuns em sorvetes saudáveis. Os jovens da geração millennials estão buscando marcas alternativas que atendam a essas solicitações e se afastando ou exigindo mais das tradicionais marcas de sorvetes que tendem a ter alto teor de gordura e açúcar.

Fonte: GuiaLat

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.