A internet se torna, a cada dia, um local favorável para a indústria alimentícia

A internet se torna, a cada dia, um local favorável para a indústria alimentícia

O comércio eletrônico aumenta a cada dia que passa, e dentre diversos setores, o alimentício vem crescendo com bastante frequência. É o que mostra a Global Consumer Insights 2018, da PwC, que entrevistou 22 mil pessoas em 27 países, sendo mil brasileiros.

De acordo com o estudo levantado, 71% das pessoas entrevistadas no Brasil responderam que pode ser provável que aumentem ou fiquem estáveis os custos com compras nos próximos 12 meses. A pesquisa aponta o aumento na tendência de compras online, em que 41% dos consumidores fazem suas compras por smartphones, enquanto 30% compram por meio dos tablets.

A compra de alimentos por meio da internet teve um crescimento bastante relevante. Os dados levantados mostram que 58% dos brasileiros entrevistados pretendem comprar produtos alimentícios pela internet nos próximos 12 meses, porcentagem que é de 48% ao considerar os entrevistados de todos os países.

De acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), as projeções apontam que, no ano de 2023, o comércio virtual de produtos alimentícios movimentará R$ 48 bilhões.

Com o cenário econômico em recuperação e as mudanças de hábito de comprar por parte do consumidor, várias pessoas enxergaram na tendência uma nova alternativa para ampliar suas vendas e outras se animaram para dar início ao seu negócio no segmento de alimentos.

A cada dia que passa, surgem novos empreendedores que buscaram no mundo digital a válvula de escape para aumentar seus lucros, oferecer seus serviços e divulgar sua marca. São muitos os brasileiros que decidiram apostar na tendência.

Segundo divulgação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2016, o Brasil fechou com 116 milhões de cidadãos conectados à internet, o que equivale a 64,7% da população, considerando as pessoas com mais de 10 anos.

É possível perceber o quanto o brasileiro tem mudado o seu comportamento em relação à realização de suas compras. Tanto pessoas físicas quanto jurídicas preferem usar a internet, já que uma das diversas vantagens é a comodidade para fazerem seus pedidos sem terem que se ausentar do lugar em que estão. Esse foi um dos motivos que levou tantas pessoas a apostarem no mundo virtual.

Empresários e consumidores perceberam que a internet pode ser um excelente suporte, tanto para realização de compras quanto para outras atividades comerciais, como, por exemplo, os empreendedores do ramo alimentício. Com diversas pessoas conectadas, fica mais fácil a comercialização de alimentos.

Atualmente, com tantas tarefas no dia a dia das pessoas, elas acabam nem sempre tendo tempo de ir ao supermercado e, por esse motivo, preferem fazer suas compras de forma online. Dessa forma, é primordial buscar por empresas que reconhecem os direitos dos consumidores e visam a oferecer a eles o que há de melhor.

Fonte: Exame

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.