O que significa um produto Clean Label?

shutterstock_165248648

Muitos fabricantes de alimentos e bebidas, em atenção às atuais exigências do consumidor, têm se preocupado em oferecer produtos com rótulos mais limpos, os chamados Clean Label. Essa nova “família” de alimentos surgiu há pouco mais de dez anos, na Europa e nos EUA, e o número de lançamentos de produtos dessa categoria cresce a ritmos acelerados, impulsionada pelo desejo cada vez maior do consumidor em manter um estilo de vida mais saudável, traduzido na busca por alternativas mais “naturais” aos tradicionais alimentos industrializados que encontramos nas gôndolas dos supermercados.

O cenário atual, caracterizado pela crescente procura por alimentos práticos e convenientes, porém mais saudáveis e saborosos, representa uma importante oportunidade de inovação com agregação de valor para a indústria. Os consumidores de hoje, mais do que nunca, estão interessados em que tipo de alimento estão ingerindo, quais são os ingredientes que fazem parte deste alimento e que implicações estes ingredientes terão na sua saúde.

Conservantes, acidulantes, aromatizantes, realçadores de sabor, corantes, antioxidantes: muitos destes aditivos, que apresentam importantes funções quando se pensa em fabricar um alimento industrializado em grande escala, têm sido rejeitados por esse novo consumidor. É justamente para atender a essa nova demanda que entram em cena os alimentos Clean Label.

São alimentos formulados com um cuidado especial, que possuem em sua composição somente ingredientes naturais: são isentos de aditivos artificiais e possuem uma lista de ingredientes simples e de mais fácil compreensão. Entretanto, para desenvolver esse tipo de alimento são necessários importantes esforços na seleção dos ingredientes e da tecnologia de fabricação mais adequados para a obtenção de alimentos de qualidade. Isto porque, quando consumimos um alimento, desejamos que ele seja seguro, isto é, esteja livre de contaminações de origem química, física e microbiológica, e que tenha boas características sensórias, ou seja, que seja muito saboroso.

Dessa forma, cabe aos profissionais responsáveis pelo desenvolvimento e produção desses alimentos uma tarefa muito importante, a de conhecer profundamente a Ciência e Tecnologia de Alimentos e a Ciência da Nutrição, de forma a proporcionar ao consumidor atual cada vez mais alternativas de alimentos Clean Label, ou seja, alimentos seguros, saborosos, saudáveis e práticos, cumprindo assim o importante papel social que a Indústria de Alimentos tem em nossas vidas.

 

Fonte: http://www.juonline.com.br/ (Jornal Unisinus)